Uma Sentença Pior do que a Morte


William Blake on 25+ Years in Solitary Confinement: Uma Sentença Pior do que a Morte (A Sentence Worse Than Death)

Revista Pittacos

[William Blake,Voices from Solitary]

 O norte-americano William Blake tinha 23 anos quando foi preso com drogas. Ao tentar escapar do tribunal onde estava sendo julgado, atirou e matou um policial. Condenado à prisão perpétua, vem desde então cumprindo sua pena numa “solitária” – já são 25 anos ininterruptos. O texto que se segue é uma carta em que Blake relata o horror a que vem sendo submetido desde que foi confinado em absoluto isolamento. Ao expor o impacto da longa solidão forçada sobre a mente humana – a loucura, o suicídio, a animalização dos comportamentos –, Blake nos força a refletir sobre esta forma de tortura quase invisível, porque sancionada pelo Estado e esquecida pela sociedade, mas nem por isto menos cruel.

*       *      *

 Enquanto aguardava de pé minha sentença, em 10 de julho de 1987, Kevin Mulroy, juiz da Suprema Corte do município de Onandaga, me…

View original post 3,446 more words

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s